segunda-feira, agosto 30, 2004

Noites Ritual

Em virtude de afazeres profissionais desloquei-me aos Jardins do Palácio de Cristal onde pude avaliar as bandas lusas que passaram no palco principal. As bandas do palco secundário não as pude apreciar dado os motivos acima referidos.

Legendary Tiger Man - Paulo Furtado surgiu em substituição de Sam The Kid e em boa hora aceitou o convite pois conseguiu aquecer a multidão que aos poucos ia chegando ao local. Um caso tipico onde a máxima "quando menos é mais" se aplica.

Fat Freddy - Este trio teve uma actuação interessante baseando-se numa atitude circense conjugada com o "gipsy punk" dos filmes do Kusturica e uma surfalhada à mistura.Acabaram em grande com o tema do Batman.

Pluto - Alguém me explica qual o critério de entrada das bandas, dado não perceber como uma banda sem qualquer disco editado é penultima no alinhamento. Terá algo a ver com o facto de estarem envolvidos elementos dos Ornatos Violeta?
Quanto ao som da banda, esta pratica um indie rock de fácil comparação com os Strokes, Radiohead, Placebo e até Interpol e com umas letras algo ridiculas.

Clã - A banda de Manuela Azevedo teve uma prestação segura e convincente, só é pena eu não ir à bola com a sonoridade deles, quiçá um pouco lamechas e previsivel para o meu gosto.


X-Wife - Já todos sabemos que a voz do João "DJ Kitten" Vieira tende a tornar-se irritante mas a base instrumental não deixa de ser cativante e acredito que certos tiques vão ser abandonados em favor de uma sonoridade mais própria.

Blunder - Esta banda do Porto que assassinou o "Blister In The Sun" dos Violent Femmes,pratica aquele som asqueroso ideal para rodar na Best Rock Fm. Actualmente devem andar fascinados pelos Muse.

Zen - Nunca fui muito à bola com eles e agora que contrataram um aspirante a Mike Patton, então está mesmo de fugir. Tiveram um momento bom quando fizeram uma versão do "Helter Skelter" dos Beatles.

Mão Morta - Dividiram a sua actuação em duas partes: a primeira para apresentar temas do mais recente "Nús", e uma segunda para desfilar os temas mais fortes da sua carreira. Quem diria que uma das melhores bandas nacionais ao vivo agora soa tão descaracterizada, com forte inclinação para o metal.


15 comentários:

Anónimo disse...

Oh Capitan, my capitan...

...tás magrito, filho. Tu alimenta-te.

Só vou falar dos meus amiguitos. Não é que aprecie por aí além o estilo, mas o'rapazes são esforçados e, acima de tudo,dedicados. E, com tanta dedicação, têm sido MINIMAMENTE compensados. O Nuno do respectivo duo com o Nico também fez parte dos Ornatos e, apesar de estar a fazer algo até muito interessante, ninguém repara muito nele. Edu, no rock português há muito poucos priveligiados e esses são os suspeitos do costume.
Bem hajas,
La hermana de la novia del camaño

Anónimo disse...

eu não sei
eu não vi nada
eu não estive lá

luis

Del Giorgio disse...

Não posso dizer "nem vou comentar" porque ao escrever isto já tou a comentar mas... faço minhas as palavras do Costinha:
"eu não sei
eu não vi nada
eu não estive lá"
às quais acrescento: "tanta merda junta, maaaaaaaan!!! tá na hora dum Jorge Top Tuénti versão Tuga"
Não sabiam botar lá uns Spaceboys? Não gostem de música electrónica, quero lá saber mas que os gajos se revelaram grandes músicos... oh chiça patrão!
Spaceboys é bom que fode!! :DDDD
Já há boa música em portugal! Já posso comprar o meu lenço do Ché!!

Migas disse...

Concordo com os Pluto serem suspeitos... Mas não com a "Blister In The Sun" ter sido assassinada, porque ela já nasceu morta antes das versões... :D

Del Giorgio disse...

Esqueci-me de 2 grande pormenores de ENORME relevo:
Fat Freddy é MUITO MUITO MAU!!! Aquela merda até o Carlos fazia melhor ao cantar "oh chavala anda cá xupá-la" e eu infelizmente já vi esses gajos...
Quanto à frase "assassinou o "Blister In The Sun" dos Violent Femmes" eu questiono-me: será possível assassinar também o Féher? Também já tá morto e pútrido.
Agora é que eu posso dizer "já tá tudo feito"! Os Blunder nem assassinar uma música conseguem...

Anónimo disse...

eeek

luis

Maria disse...

Noites Ritual é mau que fode!
(acho que li isto num blog qualquer...)

pedro Cordeiro disse...

as edições vão-se sucedendo, mas ainda não me conseguiram arrastar até aos jardins do palácio...
Por ano consigo encontrar uma/duas banda(s) que não me importava de ver...
Da edição deste ano, talvez Legendary... ou X-Wife, mas já vi umas 2/3x...o resto é completamente dispensável...mas não espero melhor p o ano!!

Maria disse...

A nova imagem está *****!!

Del Giorgio disse...

E demora mto o próximo post?
Tou farto de cá vir e ver sempre a mesma merda!

Anónimo disse...

a nova imagem está realmente um bocadinho feia, podias colocar a wynona ryder ou o jhnny cash a fazer o gesto obsceno

luis

Agassi disse...

consta-se k estiveram por lá os Fat Freddy... se plo menos tivesse estado lá o Fat John, era sinal k tinham estado lá os... PORÃÃÃÃOOOOOOOOO...
ai estava eu lá na frente mais o zé no mosh pit revivendo alegrias... ehehe

Maria disse...

Secundino não tá não
tá ouvindo ratos do porãoooooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

esta visto que descobri o blog dos blogs. Esta merda esta toda minada de pseudo-intelectuais-fundamentalistas de esquerda...pessoal que pensa q sabe de musica. Eu acho um piadao, a serio. Agora qualquer ser-sem-cerebro profere e delibera sobre qualidade musical e outros seres inferiores, ainda mais inferiores (isso mesmo!), seguem religiosamente o evangelho do nada, atroz e vergonhoso. Aposto que o detentor deste blog tem 15 anos e se masturba regularmente, porque tem um qualquer atributo menos bom, que lhe disfunciona o desempenho sexual (se 'e q alguma vez o tera...)Mouco : segur o meu conselho, mete a cabeca na maquina de lavar e programa para centrifugar. Vais ver o que 'e musica. (grabador@mail.com - para se quiseres tomar um cafezinho e um bolo (na focinheta)

mehrlicht disse...

deixaste este tipo que pensa que é melhor que os outros e detentor da verdade, sem resposta?