sexta-feira, agosto 26, 2005

Desilusão ao segundo disco

Infelizmente muitas bandas acabam por desiludir-nos ao editarem um segundo álbum, após uma estreia auspiciosa. Por isso, toca a dar uma vista de olhos na vossa discografia e libertar a raiva que vai dentro dos vossos corações!

Alguns exemplos:
Ned's Atomic Dustbin - "Are You Normal"
Drop Nineteens - "National Coma"
Streets - "A Grand Don't come for free"
Thrills - "Let's Bottle Bohemia"
Strokes - "Room On Fire"
China Drum - "Self Made Maniac"

26 comentários:

dedos-bionicos disse...

algumas são evidentes demais outras nem por isso mas este fenómeno infelizmente acaba por acontecer em excesso

outros exemplos:

Interpol – “Antics”
Broken Social Scene – “You Forgot It in People”
Masha Qrella – “Unsolved Remained”
Placebo – “Without You I'm Nothing”
Broadcast – “Haha Sound”
Out Hud – “Let Us Never Speak of It Again”

eduardo disse...

eu adoro os dois primeiros da tua lista. Até considero que eles melhoraram. Enfim... são gostos.

dedos-bionicos disse...

no caso dos dois primeiros acabaram por me desiludir mas gostei bastante dos dois álbuns na mesma, da minha lista são os menos evidentes sem duvida…

Anónimo disse...

por acaso prefiso o "antics" ao anterior, acho-o mais equilibrado, apesar de gostar bastante dos dois.

neste momento lembro-me que gostei muito do primeiro dos weezer quando saíu e depois já não gostei de mais nada. acho que até já nem consigo ouvir o primeiro, nem vou tentar.

vou dar uma vista de olhos pelos meus discos e depois digo qualquer coisa.

luís

Anónimo disse...

doves - the last broadcast
massive attack - protection

Pertenço ao grupo dos que preferem o 1º dos interpol.
Quanto aos strokes, globalmente não gosto do ''room on fire'', mas acho que a ''reptilia'' vale mais do que o 1º disco todo junto.

Espero que no futuro os Arcade Fire não venham a fazer parte desta lista...

Bom fim de semana a todo o auditório
Pedro

nel colaça disse...

Nao concordo com o Antics de interpol nem com o Protection (neste caso as expectativas nao podiam ser maiores...)

Para mim os casos mais berrantes são:
Royksopp - The Understanding
Daft Punk - discovery
e em Portugal temos como exemplo os Blind Zero

atari disse...

concordo convosco nos ned's atomic, thrills e strokes (embora tenha algumas musicas boas...) o de interpol tá bom. pra mim tiveram mal nos 2os discos os:
80's matchbox b-line disaster,
libertines
mando diao
colder
elastica
stone roses.
n quero dizer q estes albuns tejam maus, mas foi um bocado desilusão...

Maria disse...

tinhas logo que referir os 3 álbuns que me vieram logo à cabeça: streets, thrills e strokes.
acrescento radio4.
depois há algumas bandas que, embora goste muito de todos os álbuns o 1º é sem duvida o melhor, como dEUS e morcheeba.

Anónimo disse...

stone roses bateram mesmo no charco

luis

myself disse...

Assim de repente já se falou nos "segundos" difíceis discos de algumas bandas, que desiludiram por seguir o registo seguro de fazer igual, tal como os Strokes e os Interpol ou pior ainda como os Stone Roses....o terceiro será o derradeiro que irá ditar o destino de algumas dessas bandas...
Acrescento ainda os BRMC...ainda não ouvi o "Howl" que acabou de sair...mas o segundo para mim deixou muito a desejar...

Anónimo disse...

Ora bem, dos que me consigo lembrar:
British Sea Power
Explosions in the sky (se admitirmos que o primeiro é o "Those who tell the truth...")

Joaquim

dedos-bionicos disse...

é difícil escolher entre os álbuns de Explosions qual o melhor ou o pior, na minha opinião todos são exemplares divinos desilusão, acredito que estes jamais nos irão dar uma desilusão

eduardo disse...

mais umas quantas desilusões:

Air - "10.000 hrz legend"
Eskobar - "there's only now"
Jesus & Mary Chain - "Darklands"
Sultans of Ping - "Teenage Drug"
Superdrag - "head trip in every key"
Inspiral Carpets - "Beast Inside"
Pete Yorn - "Day I Forgot"

nel colaça disse...

Bem, nos AIR não concordo, mesmo porque ninguém sabe ao certo qual o primeiro ou o segundo!

eduardo disse...

creio que é o segundo visto que o "Premiers Syntomes" é um apanhado de gravações anteriores ao "Moon Safari".

dedos-bionicos disse...

mais exemplos:

Portishead – “Portishead” (se bem que tendo em conta o incomparável “Dummy” qualquer segundo disco resultaria num desapontamento)

Solex – “Pick Up” (em relação ao primeiro resultou numa desilusão, embora este também me agrade)

Liars – “They Were Wrong, So We Drowned” (desilusão contida neste caso)

Peaches – “Fatherfucker” (desilusão seguida de asco)

The New Year – “The End Is Near” (desilusão satisfatória)

Set Fire to Flames – “Telegraphs in Negative/Mouths Trapped in Static” (desilusões destas não me importo de apanhar)

O Puto disse...

Mais uma catrefada de exemplos (a meu ver, claro):
Alpha
Attica Blues
Bentley Rhythm Ace
The Beta Band (se considerar "The 3 EPs" como um 1º álbum)
Bran Van 3000
Chapterhouse
Cranberries
Daft Punk (já mencionado)
Elastica (já mencionado)
Fischerspooner
Geneva
The Gift
Goldie
Handsome Boy Modeling School
Kid Loco
Leftfield
M83
Madredeus
Mick Harvey
The Moog Cookbook
Muse
Natacha Atlas
Oasis
Peaches (já mencionado)
Radio 4 (já mencionado)
Röyksopp (já mencionado)
Ruby
Senser
Sharkboy
Sigur Rós
Stephen Malkmus (mas já se redimiu)
Stone Roses (já mencionado)
The Strokes (já mencionado)
Sugar
That Dog
Thievery Corporation
Tricky
Veruca Salt
Zero 7
Zoot Woman

Não concordo em relação aos Placebo, aos Massive Attack e aos Air. Os outros não considero propriamente uma desilusão.

Anónimo disse...

Nota: quando escrevi este comment ainda não tinha lido pelos menos 3 que só agora vi, mas que se foda, deixo só o apontamento de que gosto muito do segundo dos New Year.

Não me lembro assim de realmente muitas desilusões ao segundo álbum, porque se calhar tb raramente me deixo deslumbrar de excitação, apesar de estar um bocado apreensivo quanto ao próximo registo dos yeahs, mas tenho quase a certeza que os Arcade Fire vão estar à altura. Os Bloc Party não sei, mas não me parecem uns modinhas seguidistas como os Ferdinandos ou os Keiser Chiefs.

Já referi os weezer, mas isso fez-me reflectir sobre o primeiro álbum que agora acho um bocado deprimente.

Tb já referi os Stone Roses e desses já não se poderia esperar grande coisa, quem demora tantos anos para gravar o segundo disco é porque a coisa não funcionava mesmo. Os Adorable não fizeram um mau disco com “Fake”, mas estava a milhas do que nos ofereceram com “Against Perfection” e eles tb tiveram que acabar por aí.

O primeiro álbum dos Alpha “Come from heaven” é fabuloso e quando estes lançaram um segundo álbum a coisa tb já estava um bocado moribunda.

Os Spain tb não conseguiram fazer mais nada como “The Blue Moods of Spain”, apesar de não ser muito fraco o que se seguiu, simplesmente não chegava lá.

Quanto a outras bandas referidas pelo pessoal que por aqui passa, dos strokes não esperava nada, o primeiro é porreiro mas é uma fórmula que se esgota rapidamente. Dos BRMC sempre gostei mais do “Psychocandy”, ai esse é dos originais … Os Placebo foram sempre intragáveis e dos Blind Zero a preferência tb recai no “Ten”, falhei outra vez …

O segundo dos Liars saiu um bocado furado, aquilo já se fez na primeira metade da década de 1980.

Se alguém quiser anunciar alguma referência aos Nine Inch Nails é muito bom, porque assim posso aproveitar mais uma vez para insultar o Trent Reznor.

Luís

Pedro Carvalho disse...

Por vezes o tempo atenua as desilusões do "dificil segundo album", o que acontece é que as expectativas geradas resultam em desilusões imediatas.
Hoje não acho, por exemplo, o Darklands um mau disco (se bem que os Singapore Sling tenham feito agora o 2º album dos Jesus...). Quando os primeiros albuns são excepcionais é sempre dificil fazer melhor e ás vezes saem mesmo furados, mas felizmente há quem se recomponha (e felizmente há quem estoire!). Anyway, para mim os primeiros são sempre os primeiros, fica traçado o esqueleto da coisa (ou então é o esqueleto, a carne e a pele - aliás seria também curioso fazer a lista dos que não chegaram ao segundo disco lançando apenas 1 de grande qualidade) Fica a dica. E discordo TOTALMENTE que o Antics seja uma desilusão!
PS- Já ouviram os Wilderness? e Oranges Band?

eduardo disse...

Seja bem-vindo Sr. Pedro. Passe por cá sempre que lhe apetecer e diga de sua justiça.

experimenta ouvir no sitio do costume o novo dos New Pornographers e Cursive.

Kushinada San disse...

os drop nineteens para mim são uma super referencia, cada audição é uma evolução......

Migas disse...

Vou ter que concordar com o que já foi dito. Doves estiveram muito bem no primeiro album mas o segundo... Stones Roses vou ter fazer minha a expressão já aqui usada "bateram mesmo no charco" embora ainda tenha ouvido o "Second Coming" umas valentes vezes. Quanto a Interpol tenho a dizer que, embora ache "Turn On The Bright Lights" qualquer coisa de maravilhoso, o Antics nao me desapontou em nada mesmo. Continua a ser muito bom album.

Um bem haja!

Del Giorgio disse...

o 2º do joão pedro pais ficou muito aquém...

Anónimo disse...

Ainda vou a tempo?
É que gosto muito de listinhas, mas fiquei muito tempo sem net.
Assim, de repente, lembro-me de Goldfrapp.
Mas temos que perceber que esta gente ganha dinheiro a fazer isto e depois é o que se vê, não é? É a vida...

A cunhadinha

JCS disse...

Drop Nineteens-National Coma was their 3rd LP. The first is called Mayfield and the second is called Delaware.

JCS disse...

Drop Nineteens-National Coma was their 3rd LP. The first is called Mayfield and the second is called Delaware.